Facistas ou Comunistas: Afinal de que lado está a Maçonaria?

A Maçonaria não é o que muitos pensam, inclusive o que muitos Confrades imaginam. Certamente há um discurso simplistas acerca do Poder. O que a faz ter profundas características fascista, como comentei no texto publicado anteriormente.  O fascismo é por ignorância, aliás, segundo KONDER, esteve na base do Nazismo e Fascismo, exatamente o chauvinismo. No caso da Alemanha a idéia de raça pura, na Itália a idéia de que seriam novamente o Império Romano. rsssss

Mas aí vem uma coisa intrigante. Protógenes Queiros é do PCdoB. E agora, como fica os manos reacionários? Protógenes, Maçom, é comunista? Fez palestra recentemente na GLESP. 

A Maçonaria não é o que a massa pensa. Não é também o que muitos "maçons" pensam sobre a Ordem. É bom reformularmos nossas "frases prontas" do tipo: "político é tudo bandido"; "não dá mais". "antigamente era melhor (isto é: na época de um governo de excessão e que mais da metade da população não tinha escola). 

Costumo dizer que "doméstica" também usa "avental". É preciso pensar; "atuar na política", outro bordão, deve ser feito de modo consciente, o contrário é ser "cabo eleitoral" e massa de manobra. 

Ir. Me. Almeida, MM






Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Elle

Instrução de Companheiro Maçom

10 motivos para você não ser maçom