Postagens

Mostrando postagens de Outubro 4, 2010

De onde vem a autoridade?

Toda autoridade só terá esse direito se no uso de suas obrigações fizer um bem para as pessoas. Os pais só poderão ter o direito de Pai e Mãe garantidos, de acordo com a legislação brasileira, se fizerem bem aos seus filhos. Quando um Pai ou uma Mãe não fizer bem a seus filhos poderão ser penalizados com a perda do pátrio-poder. A mesma coisa acontece com um Policial, o Capitão de uma Navio. O seu poder de polícia ou de capitão de navio só pode ser exercido dentro da Lei, ou seja, para fazer o bem às pessoas. Essa formula simples pode ser debatidas com nossos filhos para que eles compreenda bem qual o motivo da existência da autoridade. Um debate franco e direto e o costume de saber dizer os motivos de um não é salutar e dá um retorno impressionante. Ir. Me. Almeida, MM

História da Filosofia

Imagem
Por se tratar de um vasto campo do saber a tentativa de uma visão geral pode não ser uma boa proposta se quisermos que os participantes saíam do curso com mais capacidade de ação sobre a sua realidade subjetiva ou objetiva. Comumente esquecemos que passamos 4 anos na graduação de Filosofia ou, como matéria base de outras carreiras, de que já temos um conjunto de conhecimentos em andamento. A título de exemplo, um estudante de uma boa Faculdade de Direito certamente terá muito proveito com retórica e lógica. Mas nós de Filosofia e, sobretudo, o pessoal do Direito esquecemos de uma série de fatores que atuam a nosso proveito quando estudamos Filosofia. São exatamente a ausência desses elementos contextuais que fazem de uma história da Filosofia uma coisa muito desagradável para as pessoas em geral. A falta de conexão com a realidade das pessoas as levam a não gostarem e não cultivarem Filosofia. Um bom estudante de Filosofia fica triste com isso, mas ele se esquece que a Filoso