Quem é Fulano2 dos Anzóis da Coisa Elevada Pedreira de Pindorama?

Agradecemos a procura  pelo curso de Filosofia e Maçonaria.

Aproveitamos para avisar que devido a obras na sede da Academia, estamos adiando o início do curso para o mês de maio.





O Curso de Filosofia e Maçonaria.


Coordenação: Prof. Me. Almeida, MM.

Público a que pode despertar interesse: Maçons e seus familiares.

O curso pretende apresentar uma visão geral da Filosofia Ocidental. Depois abordar alguns pensadores ao longo dos quatro períodos da História da Filosofia, a saber: Filosofia Antiga, Medieval, Moderna e Contemporânea. Exercício que nos levará automaticamente a fazer implicações com o conteúdo da Ordem.  


Na questão Maçônica pretende-se levantar elementos necessários para se pensar a Instituição Maçonaria. Antes de nos envolver com um emaranhado factual, que é próprio da história maçônica, lançaremos perguntas que construa outra abordagem desta história. A pergunta é pela própria história ou em que consiste o ato de historiar em geral e em particular no caso de Maçonaria.

Pretende-se dar atenção a Renascença e suas implicações no surgimento da ciência moderna.

Por fim, pretende-se fazer uma introdução à ciência da religião ou à idéia de “comparação” em ciências da religião. Conceito e disciplina fundamental inventada no século XIX e XX para compreensão dos “fenômenos” religiosos.


Requisitos
 O curso exige de seus participantes nível de compreensão e redação acadêmica. Para candidatar-se ao curso  o interessado deve estar matriculado regularmente em um curso universitário o ser graduação.

Seleção
O candidato para ter sua inscrição aceita e entrevista marcada deverá apresentar um trabalho nos moldes universitários versando sobre a temática de interesse do curso. As linhas são: Filosofia ou Maçonaria. Em qualquer dos temas escolhidos deve prevalecer a dissertação articulada em conceitos e não mera descrição factual.  Outras características objetivas do trabalho: ter entre 7 e 10 páginas; fonte tamanho 12; espaço entre linhas 1,5. O cumprimento destes quesitos objetivos não garante aprovação, pois será avaliada a capacidade no domínio de conceitos, quesito fundamental para aproveitamento do curso.

Fases da seleção:

I
Inscrição até dia 20 de março de 2011-03-02;
 - 21 de março: publicação das inscrições recebidas;
 22 de março:  publicação das inscrições aceitas. (O plágio na apresentação do trabalho caracteriza exclusão imediata do processo)

II
23 a 26 de março: Publicação dos horários da entrevistas

III
28 de março
Resultado no Blog e site da Academia Maçônica de Filosofia.  

IV
Início das aulas no Bairro Butantã.
Rua Prof. Lucas de Assunção, nº 92
Jd. Bonfiglioli (Butantã)

CERTIFICADO

Certificado de Extensão Universitária será expedido pelo Instituo Kora. ONG que tem como escopo o atendimento psicológico gratuito e a promoção de pesquisa em Filosofia e suas implicações com a Psicologia.

A emissão de certificado está condicionada a um conjunto de itens. Freqüência acima de 80%; aprovação no trabalho final; Apresentação pública de temas em Filosofia.  

Será publicado livro com a participação dos melhores trabalhos.
Observações finais.

O curso é gratuito para o participante. Contudo, isto não implica que ele é de “graça”. Qualquer fazer humano no real requer uma economia, pois carece de recurso.
As digressões no mundo maçônico são necessárias, pois esse público têm por hábito uma virulenta crítica a qualquer fazer que envolva a Ordem. Os algozes, vazios, estão à espreita para tecer ilações diversas. O que nos move neste curso é propor cultura de qualidade a pequena parcela de Maçons cultos e com capacidade intelectual.
            A incapacidade intelectual do grande público maçônico, por exemplo, o faz viver as margens dos recursos de incentivo cultural e formação para a cidadania. Mas é um triste posicionamento, pois o conteúdo da Ordem é do mais alto nível e útil para a formação de uma sociedade democrática.

AMF
Qualidade não se confunde com quantidade.






















Postagens mais visitadas deste blog

Elle

Instrução de Companheiro Maçom

10 motivos para você não ser maçom