Quero ser Maçom: alerta!



No post anterior comento sobre a procura pela Maçonaria no final do ano. Tenho observado que é quase um fenômeno semelhante à procura por serviços de psicologia.

Comentando essa questão com um "postulante" á Ordem, disse a ele que tal fato se dá pelo seguinte. Maçonaria é uma coisa liga a realização pessoal. É um projeto estritamente ligado à esfera da realização da condição humana. Nos dias de hoje essa dimensão do humano, infelizmente, é legada a segundo plano e só cuidamos dela depois de cuidar de todas as outras.



No decorrer do ano, nos envolvemos exatamente com as coisas "úteis" e deixamos nós mesmos para segundo plano. O fim do ano é exatamente quando suspendemos a vida agitada para pensarmos em nossa qualidade de vida. Daí a procura por psico-atendimento(cuidado de si) e a maçonaria figura neste meio.

Porém, no que toca à Maçonaria, as pessoas correm o risco de serem enganadas. Em geral a Maçonaria Regular(em outros texto falaremos sobre Regular e espúria) está de ferias, mas aqueles que estão interessados em ganhar dinheiro com iniciação maçônica estão atentos.


O alerta do nosso post é para isso. Em geral o processo para entrar na Maçonaria dura uns 3 meses. Nos plantonistas a coisa é bem mais rápida e acontece já em janeiro.

Na Maçonaria Regular a demora se dá por dois motivos.Um, poderíamos especular, por pura burocracia. Outro, o que prefiro considerar, para ver mesmo se a pessoa está interessada em Maçonaria ou é só fogo de palha.

O único problema é que tradicionalmente a maçonaria convida seus novos membros a partir de convivência no mundo físico e não no virtual. O que permite com que um Maçom vá preparando a pessoa, conversando com ela, dirimindo dúvidas.

Com o mundo virtual essa convivência prévia não acontece e o postulante fica só. Existe certa desconfiança da internet na Maçonaria. Porém, não se pode excluir de todo este instrumento, pois advém dele valorosas pessoas de boa fé.

Nosso principal objetivo com este blog da Academia Maçônica de Filosofia, portanto, se justifica neste sentido de esclarecer as pessoas em geral. Não temos a pretenção de ser um orgão oficial. O serviço de esclarecimento é o foco. O texto que aqui postamos é o principal objeto dessa nossa atividade. Não pretendemos nada além disto.

No mundo real( o que é real? uma pergunta para longas discussões filosóficas) temos propósitos modestos que são unicamente de estudos e produção filosófica.

Ir. Almeida

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Elle

Instrução de Companheiro Maçom

10 motivos para você não ser maçom