Resposta a del Débio

Caro Del Débio.




http://www.deldebbio.com.br/index.php/2009/05/10/maconaria-regular-e-expurias/comment-page-3/#comment-56126

Não somos tão ousados quanto a ti, que se intitula o “maior mitologo” do Brasil. Enfim, onde fica Juninto Brandão?

Mas meu propósito neste comentário é outro, comentar o seu “comentário sobre o GOP”.
Certamente você é um voraz escritor e propicia um volume alto  de conteúdo de qualidade para os Internautas. Porém, as vezes é preciso tecer um cojunto maior de argumentos para não ser injusto com este ou com aquele.

Neste caso, penso que sua contribuição no que toca a Maçonaria Regular e não-regular é pertinente, mas é preciso fazer algumas ressalvas.
Dizer, por vias inderetas, que o GOP é o mesmo que o GLOB é ser displicente na escrita. Sabemos muito bem que existem Lojas e Potências que são fantasias de alguns irmãos(lembre-se que o Fiorino foi do GOB), mas que existem trabalhos relevantes e de fato independentes.
Sabemos que existem muitas Lojas cassa-niquel que se dizem Idependente, mas não podemos nos furtar da prerrogativa de uma Loja de assim ser e que existem Lojas Independentes de fato. Certamente estas Lojas não surgiram assim; estavam em uma Potência e decidiram se desvincular. Outra características destas Loja é que elas não surgiram no advento da internet.

Ainda o que caracteriza estas Lojas Indepedentes é o seu patrimônio vultoso e toda a benemerência Maçônica que ali acontece sem apoio de Potencia Y ou X.
Veja o quanto é complexo o pensamento sobre Lojas Idependentes. No caso da Potências podemos dizer o mesmo. Como você mesmo sabe, mas o leitor leigo não, podemos ver no próprio site de vossa Potência (http://www.maconaria.srv.br/) no tópico sobre Maçonaria Regular, uma ótima explicação e na qual figura o GOP que é filiado á COMAB como sendo uma Potência Regular.
A discussão de Regularidade não pode se furtar de questões do tipo: Sim, a Grande Loja Unidada da Inglaterra é quem consede o título. Pois bem, vem uma pergunta: Mas quem delegou a ela este direito Natural? Não soa por demais estranho para uma Instituição que apregoa o primado da razão e de ser promotoras das tais Independência dos EUA se apegar a um modelo ou uma tradição que mais lembra as Monarquias?
Enfim, caro Del Débio, temos ainda, no contexto de Regular, que dizer das brigas políticas entre Ingleses e Franceses. É histórico o fato de que inglês não gosta de francês e vive-versa. Sabemos, também que na Inglaterra a monarquia se ajeitou e manteve-se no poder após as revoluções políticas e industrial que varreu a Europa. O que não ocorreu na França, na qual houve profunda ruptura com a Monarquia e, sobreutudo, com a Igreja.
Certamente a Maçonaria que vingou na Inglaterra absorveu estes traços da monarquia, da tradição; e portanto se “acha” no direito de dizer que ela é A Maçonaria. Ao contrário, daquilo que prosperou nos EUA ou na França, a coisa tomou outros rumos. Na França, donde vem inclusive a idéia de Grande Oriente, do qual você faz parte, vamos obsevar uma recusa desta subseviência aos ingleses e suas idéias.
Como haviam feito uma ruptura com a idéia medieval de Direito Natural, de que o poder do Rei é de Deus, a Maçonaria aí se recusou a professar uma religião, na tentativa democrática de permitir que os membros da Loja fizesse sua escolha de credo como opção livre de cada indivíduo.
Enfim, falar de Maçonaria é estar atento a complexidade do real. Não dá para ser simplista, pois se assim procedermos cairemos no dogmatismo, enquanto pensamento anacrônico, e corremos o risco de proferir bonitos idéias iluministas, mas sermos exatamente o contrário disto.

Um TFA
da Academia Maçônica de Filosofia
Or. de são paulo

ARLS LUZ, PAZ E JUSTIÇA, N 308, GOP – COMAB
Av. do Rio Bonito, 72

Comentários

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado por ler e participar do nosso blog.

Postagens mais visitadas deste blog

Elle

Instrução de Companheiro Maçom

10 motivos para você não ser maçom