Maçonaria Virtual?

A pergunta pode ser reformulada do seguinte modo: é possível substituir o real pelo virtual? Em termos filosóficos sabe-se que o humano só consegue se relacionar com o Virtual, pois sempre que imaginamos ou pensamos em um "boi" acabamos por ficcionar ou produzir algo virtual. 

Desse modo é impossível para nós humanos vivermos sem uma dose de virtualidade. Usar a linguagem é um ato virtual, pois sempre nos referimos a algo quando falamos. 

Nesse sentido ao nos relacionarmos com as pessoas "em carne e osso", só o fazemos com uma dose de virtualidade. Por isso, não podemos dizer que apenas com a internet é que passamos para uma sociedade virtual, mas a partir do momento que utilizamos a linguagem como mediação, isto é, o próprio surgimento do "homem" é um ato virtual. 

Porém, nos dias de hoje assistimos um nova onda de virtualidade para a qual julgamos não estar muito preparados. Em sentido mais crítico podemos dizer que o atual modelo de virtualidade tem nos proposto o distanciamento do "outro" como unica novidade. 

Dito de outro modo, a linguagem já nos encerra dentro de nós mesmos e nunca nos relacionamos diretamente com um 'outro'. Entre o eu e o tu, sempre há a cultura como interface. 


Maçonaria Virtual

Apensar da condição de usuários de linguagem e seres que sempre virtualiza, ainda existe a presença do outro, que podemos tocar, sentir odores, enfim, "no meio do caminho tinha uma pedra". 

Maçonaria virtual parece-nos ser algo eminentemente um encontro do "eu tu" no qual a linguagem faz mediação, mas nesse encontro há o mistério que se revela pelas bordas da linguagem. O não encontro de dois seres que emitem linguagem, não permite essa comunicação que se dê nas margens da linguagem. 

O virtual como conhecemos hoje, via internet, nos priva desse encontro de dois seres produtores de linguagem e nesse sentido não é possível Maçonaria Virtual na medida em que o mistério que se revela nas margens da linguagem não encontra lugar. 

Maçonaria é o cultivo de um mistério, muito mais do que segredo. Sem o cultivo do mistério, que na Tradição Católica Cristã se diz "mistério pascal", não há maçonaria e muito menos cristianismo. 

A Internet pode ser utilizada para muitas coisas. Aliás, a internet tem revolucionado muitas coisas, porém, ela ainda não conseguiu substituir o encontro entre humanos. 

AMF














Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Elle

Instrução de Companheiro Maçom

10 motivos para você não ser maçom