Por que saí da maçonaria?

Uma instituição que tem como tarefa ensinar filosofia e algumas práticas públicas de filantropia deve ter um roteiro com inicio meio e fim. Nesse sentido, um bom motivo para sair da maçonaria é cumprir esse roteiro e depois procurar outros lugares para colocar em prática o que você aprendeu.

Como se trata de uma instituição que procura ensinar métodos, ela está sempre iniciando alguém nesses métodos. Por isso pode parecer que ela não consegue sair do lugar, pois sempre haverá alguém querendo aprender seus métodos.

Esse me parece uma ideia idealizada dos motivos que me levaram a sair da maçonaria. Ela cumpriu seu papel na minha jornada. Agora é hora de colocar em prática seus ensinamentos em outros lugares. A aparente falta de inercia da maçonaria ou a aparente incompatibilidade entre o que ela fala e faz, podem ser consideradas desse modo também.

Resta-nos agora, propagar o que aprendemos e isso se dá no seio da AMF. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Elle

Instrução de Companheiro Maçom

10 motivos para você não ser maçom