A Corda de 81 nós, parte II






Nos templos maçônicos existe uma Corda de 81 nós, situada logo abaixo da abóboda, onde se vê o Sol, a Lua e as constelações que for­mam os signos zodiacais.

Dos 81 nós, que não são propriamente nós, mas sim laços, os quais os franceses dão o nome de “Lacs d’Amour”, 40 se situam de um lado e os outros 40 do outro lado, sendo que por trás do trono do Vene­rável, no eixo do templo, está um laço que completa os 81 laços.

O simbolismo atribuído à essa Corda, é que ela representa a união fraterna que deve existir entre os IRMÃOS, ao mesmo tempo que simboliza também a segurança interna do templo quando se realizam as sessões.

As pontas dessa corda se situam pendentes dos dois lados da por­ta que dá entrada ao templo e são ornamentadas com duas borlas, ou seja, dois pingentes, que servem para evitar o desfiamento da corda e a estes dois pingentes, ou borlas, como são usualmente chamadas, repre­sentam a justiça e a equidade que deve haver entre os Irmãos.

Outros autores, afirmam ainda, que essas duas borlas, por serem as pontas da corda, permite a magnetização ou até mesmo a eletro­magnetisação, servindo como um verdadeiro “purificador” para aqueles que adentram ao templo.

Nos painéis mais antigos, figuravam apenas 12 nós, exemplo o Painel de Aprendiz de Oswald Wirtb, e estes doze nós estavam relacio­nados com os doze signos zodiacais, (Dic. Figueiredo) que devem ser distribuídos pelas paredes do templo abrangendo o Ocidente e Oriente e não somente o Ocidente, como são vistos em muitos templos.

Mas a pergunta que se faz é Por que 81 nós? Por que não somen­te doze como representou O. Wirth no seu Painel de Aprendiz?


Afirmações de autores respeitáveis, diz que 81 está ligado ao nú­mero 9 e por sua vez ao número 3 : 3 x 3 = 9; 9 x 9 = 81. E ainda se pergunta: Mas essa numerologia sobre o número três e o nove não são tão antigas e somente agora ela é lembrada, isto depois do Painel de 12 nós de Oswald Wirth?

Entendesse, que subjacente a todo e qualquer símbolo existe uma infinidade de interpretações e todas elas merecedoras do maior res­peito, pois depende muito do ponto de vista daquele que interpreta.

Se a corda de 81 nós está logo abaixo do teto do templo onde se vê a abóbada celeste com as constelações, o Sol e a Lua, como que abraçando todo o “universo celeste”.

Não seria a corda de 81 nós, um símbolo espacial da distância da Terra à Lua e da Terra ao Sol, pois a distância da Terra ao Sol é justamente 81 vezes a distância da Terra à Lua?

Não estaria ai, mais uma revelação que em épocas passadas eram proibidas?

Não podemos esquecer Galileu e Coopérnico que sofreram fortes pressões para não divulgarem as suas idéias, as quais mais tarde foram aceitas e reconhecidas.

Prezados Irmãos cabe analisar e estudar se essa teoria deva ser aceita ou não, sobre o simbolismo da Corda de 81 nos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Elle

Instrução de Companheiro Maçom

10 motivos para você não ser maçom