A Filologia da Ignorância

Conteúdo retirado do excelente site www.eapacoastrologico.org 

César Augusto
Existem três tipos de ignorância na natureza humana: 1) ignorância natural, ou seja, todos nós somos e seremos sempre ignorantes em relação a algum assunto; 2) ignorância voluntária, quer dizer, aquela movida pela crença, idolatria, medo, preguiça e adjetivos comuns a toda atitude pedante e arbitrária das pessoas que sentem seu ego diminuído diante daquilo que não compreendem; 3) ignorância crônica ou patológica é a limitação insuperável da cegueira espiritual, o “Confutatis Maledictis”, ou seja, o juízo final da consciência que se traduz na incapacidade de discernimento, o que na maio

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Elle

Instrução de Companheiro Maçom

10 motivos para você não ser maçom