Maçonaria SP

No site www.maconariasp.com.br encontramos algo interessante de ser debatido. O referido site se apresenta como sendo da Loja Lealdade, Força e União. Após apresentar lindas imagens de Templos maçônicos, não sendo nenhum deles brasileiros, na seção "solicite filiação" temos algo que já debatemos nesse blog. Isto é, de fato, é Legal a prática de vender serviços maçônicos. A expressão regularmente aplicada que denominas essas práticas de espúrias, comete o erro de não lembrar aos espectadores que maçonaria não é um negócio de um único dono. 
Segue o texto abaixo:

"A Maçonaria é uma Ordem Mundial formada por homens de todas as raças e credos, acolhidos por suas qualidades morais e intelectuais, e reunidos com a finalidade de construírem um mundo mais justo e perfeito, tendo como princípios a LIBERDADE, IGUALDADE, FRATERNIDADE e honrar a FAMíLIA.
Uma vez filiado você terá, obrigatoriamente, que participar de reuniões em Loja, mesmo que com uma presença reduzida.
Concordo com os princípios acima descritos e que me foram apresentados, e uma vez aceito, honrarei o Regimento Normativo, bem como seu Regimento Interno, em consonância com o Art.5 da CF/88, em seu inciso XVII - " é plena a liberdade de associação para fins lícitos , vedada a de caráter paramilitar" e o Art.53 da lei 10.406/02 - Novo Código Civil Brasileiro.
"Que fique claro, que esta filiação não o torna membro, será, feita uma entrevista para tal."

" Ingressar na Maçonaria, foi a melhor e maior decisão em minha vida."
( Barack Obama - Presidente dos Estados Unidos da América )"



Como podemos ver o autor do site cita o ponto chave da questão em termos Legais. Certamente é por aí mesmo. 

O que me parece faltar no texto do site é a citação de que o mesmo não é Filiado a GLESP, GOP e GOB-SP. E que quem entrar nessa Loja não poderá participar dessas outras. Não sendo até mesmo considerado maçom. Se houvesse essa consideração no site penso que ficaria completo a proposta de serem uma Loja Independente. Não acarretando em iniciar pessoas que depois descobrem que não poderão participar daquela Loja que ele viu perto do seu trabalho ou casa. E que na verdade são duas coisas distintas. 

Caso continue omitindo esta informação, de muito relevância, aí sim me parece que o propósito é se passar por algo que não se é. 

Para finalizar, esse blog já foi ameaçado por postar textos desse tipo. Aliás, o ameaçador processado por estelionato e preso por tal, ameaçou recorrer ao mundo do crime do PCC caso não retirasse a opinião que divergia dos métodos de "capitação" de pessoas pela internet. Espero apenas e tão somente promover o debate e que pessoas que iniciarem em no referido projeto cultural possam desenvolver um trabalho independente nos moldes da maçonaria. O que, aliás, defendo. Ser maçom é muito mais participar, estudar e agir do que ficar pertencendo. 

AMF, escrita por um Obreiro da GLESP. 









Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Elle

Instrução de Companheiro Maçom

10 motivos para você não ser maçom