Palas Athena

Sou um leitor de longa data dos livros editados pela Associação Cultural Palas Athenas. Aliás, sempre que vejo alguma publicação sob esse selo vou logo olhando e, em geral, faço a aquisição.

Sempre tive o interesse de conhecer pessoalmente os locais dos cursos e editora. Por vários motivos nunca aconteceu. Acabei conhecendo um outro projeto, Instituto Pandavas na cidade de Monteiro Lobato, que, no passado, fazia parte do mesmo projeto cultural.

Finalmente, uns 9 anos depois de ter contato com as primeira publicações e acessar o site, cá estou eu na Associação Palas Athenas. Um centro de disseminação de Filosofia através de cursos e publicações.

Obviamente o que sempre me chamou a atenção é a concepção de Filosofia da Associação a Palas Athenas. Segundo minha percepção, para demarcar que nesse caso são minhas ideias acercas de um trabalho que está nas portas dos 40 anos de idade, o que é mais cativante, sobretudo os livros, é a ideia de que a filosofia vai além do que ordinariamente se diz ser esse campo do saber. A inclusão, sobretudo, de sistemas de pensamentos filosóficos indianos ou tibetanos recolocando uma série de temas expurgados daquilo que aprendemos como filosofia nas faculdades brasileiras e ocidentais.

Ademais, chama-me atenção o fato desse núcleo do saber ter se mantido e sobrevivido fora do espaço universitário com qualidades acadêmicas, amplamente reconhecida nesses mesmos meios. Tornando possível uma reflexão racional, articulada, arejada em contato com vários outros meios acadêmicos e não-acadêmicos de produção do saber.  

Não bastasse essas qualidades, traços fundamentais de um conhecimento humano sério, a mesma também não se rendeu à uma demanda pelo "saber show", tanto no aspecto da forma de exposição do saber, quanto no seu tratamento e escolha temática.

Enfim, considerações de um leitor dos trabalhos editados pela A. Palas Athenas que, agora, finalmente conheceu o espaço físico, muito agradável.

Prof. Cídio Lopes 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Elle

Instrução de Companheiro Maçom

10 motivos para você não ser maçom