Seja Livre

A ideia de liberalismo, lá na sua origem pelos anos de 1770 - 1870, tem na base a ruptura com o "Antigo Regime". Era a ideia de se libertar de um provedor de sentido e tudo o mais. O iluminismo foi um movimento filosófico que assim apregoou; podemos viver segundo nossa razão. Mesmo que reconhecendo que nossa razão tem limites; assim também pensavam alguns iluministas;

A razão ficou louca um pouco depois, quando pegou gosto pela técnica. E sendo mais preciso, ela ficou louca quando o Poder viu na técnica um mundo maravilhoso de dominar os outros. Porém, para além disso, o grande contributo do Iluminismo foi a liberdade do homem.

Viver sem as regras de uma Igreja, quem ficou até hoje chateada em perder o Poder,  ou de uma aristocracia. Ser segundo paramentos ditados pela razão; pelo debate vivos dos vários grupos de sociabilidade, entre eles a Maçonaria.

Assim, os salões de literatura se proliferaram por toda a Europa; era as "redes sociais" da época; não só a maçonaria disputava lugar, mas várias outras associações de cultura proliferaram. A título de exemplo, a mãe do filósofo mau humorado Schopenhauer promovia em Weimar(Alemanha) tais salões com presença de Goethe.

Portanto, sem tv e rádio, o povo se reunia para debater a literatura, a filosofia as artes, a política. Época em que a maçonaria conheceu um ápice de participação na sociedade, promovendo exatamente ideias iluministas, que jamais iria ocupar o mesmo lugar na história.

O liberalismo estava nessa origem. Mas como todo processo, o liberalismo encaminho-se para traços econômicos que não desejamos mais; o iluminismo pode ter virado o positivismo, etc... o que se perdeu, no entanto, foi o desejo coletivo de se autodeterminar;





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Elle

Instrução de Companheiro Maçom

10 motivos para você não ser maçom