China investe 53 bilhões de dolares: mas vai dá errado! rss

Como o complexo de vira-lata é igual às forças inconsciente que define a personalidade. As mídias estabelecida, isto é, as grandes empresas de mídia, não cobrem o Poder, função mais elementar desse serviço fundamental das Democracias. Ao contrário, as mídias encobrem o Poder; esconde o que é de fato o Poder e apresenta a sua versão do Poder.

Vejamos a sutileza, ao invés de dar transparência às ações do Estado, para que todos os cidadãos possam acompanhar aquele político que ele(nós) delegou poder através do voto se faz necessário que um órgão ou uma profissão se dedique a mostrar o que estão fazendo. Tal sociedade profissional é a imprensa; pois não seria possível todos  nós investigando e procurando saber o que o político está fazendo.

Contudo, na prática temos sempre as grandes mídias produzindo a realidade ao invés de desvelá-la. Esse problema não é apenas da mídia de direita do Brasil. É um problema das mídias que se aliam ao Poder ou a grupos de pessoas que compõe o Poder.

Então, o ideal é a cobertura do Poder de modo imparcial. A realidade é que todos os grupos de mídias tendem a se aliar ao Poder e a produzir a realidade e não denotá-la. Esse fenômeno ocorre em vários lugares, e para despeite dos "direitistas", ocorre de modo muito mais violento em Miami e em todos os EUA. Como também na China(comunismo que produz os seus eletrônicos mais queridos).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Elle

Instrução de Companheiro Maçom

10 motivos para você não ser maçom