Marx e os Revoltados Online!

Nas ideias que decorreram de Marx, que nem sempre coincidem, é clássico que os trabalhadores se revoltam contra os patrões. Tomam toda a propriedade deles, quando não os matam. Certo?

Pois bem, não é bem assim. Em primeiro lugar, dentro das teorias marxianas e não marxistas, existe o proletário como uma categoria de trabalhadores acima da média; um trabalhador que não tem consciência de classe nem é mesmo contado para ser proletário. Portanto, estamos falando de alguns trabalhadores; dentre eles ainda temos o que se chama de vanguarda.

Na hora de dividir o bolo, após a terrível revolução comunista, os da vanguarda irão dominar os demais proletários. Portanto, o comunismo não é tão bonitinho assim. Claro, essa fase de dominação alguns marxianos chamaram de "ditatura do socialista". Uma imposição do bem comum. Assim ainda está a China e assim durou a Rússia.

No desenho mau feito do comunismo é o proletário que se revolta.

Mas o que tem os Revoltados Online?
Ora, assistimos no Brasil a revolta, mas não é do proletário. A revolta é dos burgueses; são uma nova classe de revoltados; pois eles não são proletários, mas não são os patrões donos das firmas.

Quem são eles?

Difícil de responder, pois são muitos. Rentistas, essa chaga que herdamos da cultura portuguesa; filhos revoltados com os pais e viciados em "watsapp", alguns até aproveitando para fazer um bico(vendendo camisas).

O fato que eles estão agindo de mondo muito previsível. O caso mais recente foi a Aurora Dourada na Grécia. Ademais, eles também se assemelham aos grupos de Hitler, antes da subida ao poder em 33, como Chanceler. Onde a prática era grupos de jovens que se reuniam e atacavam adversários.

O fato é que na Grécia o efeito foi o contrário. O Partido Syrisa, de esquerda, é quem levou as eleições.

Por aqui, continuamos com os sintomas de um fascismo muito perigoso. Em primeiro lugar a tal Polícia Federal prende qualquer um ligado ao PT. E os jornais se deliciam. Jornalistas de grandes revistas, que vivem da venda decadente de suas revistas, é que fazem as investigações; como ficou notório no depoimento de um cidadão detido no âmbito da Operação Lavajato. (vídeo divulgado pela internet, no qual o Juiz Mora admite que de fato foi a partir de reportagem de uma revista que se deu a prisão do réu...)

Agora foi a vez do governador de Minas; ainda que no apartamento que ele ocupava em Brasilia; mas a reportagem estampa a foto da mulher do Governador; e faz o de sempre, ilações, apresenta cifras...

De modo que estamos assistindo os opressores reclamando e fazendo protestos. Novidade, velho Marx.














Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Elle

Instrução de Companheiro Maçom

10 motivos para você não ser maçom