Jeb Bush: a próxima guerra!

Jeb Bush é parente dos dois outros Bush. Filho e irmão. Para além das piadas que seu nome pode causar em português, Jeb? (jeba? sinônimo popular para certas pares do corpo?) Penso que se ele ganhar para presidente dos Estados Unidos do Norte teremos, em 10 anos de governo, algumas guerras.

Não se precisa da bola de cristal. Tal família é partidária da guerra, pois tem negócios lucrativos no ramo do petróleo. Logo, a guerra é o melhor meio para se conseguir manter "bons" contratos.

Considerando que os dois Bush anteriores fizerem guerras em lugares de Petróleo, não seria leviano pensar que Jeb irá fazer uma guerra do mesmo tipo. Afinal, seus outros dois parentes fizerem algo para os negócios da família.

Mas onde seria a próxima guerra? Ela só será onde tem petróleo e ainda não esteja em guerra. O que elimina o Oriente Médio (Próximo) e países africanos; pois nesses já estão em guerra e partilha do petróleo. (Na África: Libia, Nigéria, Sudão - Sudão do Sul, etc) Portanto, restaria dois lugares: "mar da china"(com petróleo embaixo, mas muito longe, etc) e America Latina.

Não consigo me esquivar de que um dos lugares será a Venezuela, pois dentre os latinos é o que mais tem petróleo e fica tão perto do Texas (rssss).

Tenho minha dúvida de como será aqui entre nós, que também somos contados entre os produtores de petróleo (pré-sal) . Não sei se apenas com um senador como o José Serra (PSDB) seria o suficiente para manter os negócios da Chevron e Texa-co (Texas Company) lucrativos, o que implica dar prejuízo a nós brasileiros. Parece que tal figura não conseguiria sozinha provocar tal dano entre nós; se sim, não seria necessário outras medidas. Porém, caso contrário, a nossa "primavera" tropical está no forno. Se formos utilizar as metáforas contextualizada, já está no grito de carnaval; esquentando os tambores no ginásio da Escola de Samba, isto é, já estamos na fase "facebook" da primavera.

Receio que o pacote não virá de modo pontual e isolado; Esse povo aprendeu a se solidarizar. Creio que será tudo de uma única vez. Assim se desestabiliza a Venezuela (4a produtora de petróleo? ); o Brasil (que além de petróleo tem minero de ferro, carne, soja), Nicarágua (novo canal entre pacífico e atlântico); Peru(porto e parte da ferrovia biocêanica), Argentina (petróleo nas Malvinas?)

O grande objetivo seria desestabilizar sobretudo os mega investimentos chineses por aqui. O que casariam muito bem com o outro ponto passível das próximas guerras da "famiglia" Bush que é o "mar da China".

Ao que tudo indica, na cena política dos EUA, Jeb deve ganhar. Ou alguém do seu partido; considerando o movimento político do Norte entre Republicanos(Bush irmão) e Democratas (Obama).

Portanto, la vamos nós para mais sacanagens. Finalmente as "elites" vão tripudiar novamente.

E José "Hanibal" Serra será eleito Presidente do Brasil.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Elle

Instrução de Companheiro Maçom

10 motivos para você não ser maçom