Postagens

Mostrando postagens de Julho 2, 2015

As origens do grau 3

"Como a meditação filosófica, a meditação cristã poderá, ademais, desenvolver-se abundantemente utilizando todos os meios da retórica, da amplificação oratória, mobilizando todos os recursos da imaginação. É assim, por exemplo, que Evágrio Pôntico convida seus discípulos a imaginar sua própria morte, a decomposição de seu corpo, os terrores e os sofrimentos da alma no inferno, o fogo eterno e, por oposição, a "felicidade dos justos". (Pierre Hadot. Tra. Flavio Fontenelle Loque e Loraine Oliveira. Ed. É realizações. 2014. p. 78)

Em breve farei outras indicações

Filosofia como Exercício

Imagem
https://eventioz.com.br/e/filosofia-como-exercicio

1. Apresentação e Objetivo
Sou professor de Filosofia com formação na PUCMG (graduação) e Faculdade de São Bento/SP (mestrado). 
A proposta do curso livre de extensão cultural "Filosofia como exercício” tem como objetivo propiciar reflexões filosóficas de modo interativo, daí a ideia de ser sobretudo um exercício. Os recursos são compostos dos conteúdos da Filosofia, seja temas ou história, um projetor, para expor textos ou mapas conceituais a serem debatidos e a exposição do professor, que atuará como expositor e coordenador das intervenções dos participantes. 
2. Público Interlocutor A atividade tem caráter introdutório, por isso está aberta a todos os públicos adultos. 
3. Roteiro Temático:  1 - A Filosofia Antiga § A questão socrática § O homen é sua alma § A moral fundada sobre a alma § A liberdade § E outros temas do período 2 - A Filosofia Medieval § Problemas de coerência entre Antigo e Novo Testamento § Os Padres Apostólicos, os Apolog…

Adesivo da Dilma!

Um adesivo é a nova expressão da condição humana. No caso, um adesivo que faz montagem com alusão à Presidenta Dilma. Trata-se de algo degradante, pois simula uma mulher de pernas abertas fixada no carro, especificamente onde se coloca combustível. O que faz parecer que ao introduzir o bico da bomba esteja penetrando a vagina da imagem.

A produção do adesivo é degradante. Quem faz a fixação dele é um "degradado" e perigoso "cidadão". Quem tem a capacidade de fixar tal imagem em seu carro e se locomover pelas ruas de qualquer cidade brasileira é um tipo perigoso. Tal pessoa é um risco para os "bons costumes" e a "família".