Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 4, 2015

Herman Voorwald

Vulgo bode expiatório do Governo do PSDB. Após o vazamento de audio no qual se pode escutar os planos dos  "técnicos" da Secretaria de Educação de São Paulo (o Estado que se jacta de ser o mais rico), em especial nas artimanhas para desqualificar o movimento expontâneo de estudantes secundaristas. 
Hoje a Folha de São Paulo publica um daqueles gráficos instrutivos avisando que a "popularidade" do Governador estava caindo. O que alguns críticos logo nos avisaram que é uma forma do diário conservador dizer ao político que "se não pagar mais anúncios" em jornal podem fazer matérias "negativas" contra ele e seu governo. 
O fato é que a culpa é do Secretário de Educação, ele é que se viu contrariado,etc.... Típica estória prá ingreis vê. 

Kéfera no país de leitores

Imagem
Sim estou com puta dor de cotovelo. Meu livro, Estética e Educação, não vende nem a pau. Até mesmo dando as pessoas as vezes se recusam... "não curtem religião".

Os leitores consomem a tal moça, pois a mesma vendeu 100mil volumes de um livro, o qual não sei do que trata. O Bonner também lançou um livro, enfim, o importante é ser famoso para vender papel.

Enquanto isso excelentes trabalhos universitários dos mais variados tipos de saberes e qualidades literárias passaram ao largo da humanidade que vive nos face-da-vida lendo kkkks, titis, etc....

Que pais é esse, bordão da direita raivosa de São Paulo,  pode ser respondido: é um país que lê tal literatura, que lê o resultado do futebol...




http://www.amf3.org/2013/02/estetica-e-educacao-em-nietzsche-livro.html

Enfim, Kefoda ou Kéfoda, vender filosofia.

Paudagogia de Alcoo-em-mim

Diálogo: negação do outro; direito do Estado em bater nos alunos; criminalizar ou “petizar" o movimento. 
PT: crime de pobreza que se articula
Direitos: uma coisa que não é para pobre
Movimento social: o mesmo que formação de quadrilha. 
Folha de São Paulo:  O Povo Estadão: O povo também Globo News: judiciário brasileiro Globo: Ministério da Educação  Novelas da Globo: Ensino Fundamental para todos. 
Escola: despesa superflua. 
Professor: bandido perigoso