Postagens

Mostrando postagens de Agosto 2, 2016

Jorge Lemann e as drogas

"Mas se vemos os dados da Organização Mundial da Saúde, é tenebroso ver que morrem 200.000 pessoas por ano como consequência do uso de drogas, e morrem 3,8 milhões por causa do álcool e do tabaco." ( Juan Pablo, filho em entrevista no El País)


Sim, a Fundação Lemann promove ideias muito interessantes em educação. Seu Presidente, como vários outros empresários no Brasil e nos USA, de onde essas ideias já rolam a mais tempo, sempre se associam a ideias e imagens do grande filantropo, daquele que sai na Forbes falando longamente de como é vital a educação para uma grande economia. Bravo.

Porém, o império da AmBev se fez e faz sob qual produto?  Álcool é claro. E esse produto é um tipo droga. Claro, faz parte das drogas legalizadas, mas é uma droga. E causa um estrago na vida de muitas pessoas na modalidade de acidente de trânsito, alcoolismo, etc. Mas a esmerada Fundação Lemann não tem dados tão apurados, como detém para a educação, para tais realidades. Se os detém, não os pu…

Escola sem Partido

A escola sem partido não é uma novidade. Para além dos dados específicos no projeto de Lei PLS 193/2016, já sabemos os seus desdobramentos, pois já tivemos uma edição desse modelo de pensar a escola muito recente. Especialmente depois de 1972, sim, recente.

No que toca a esse blog, matérias de história, sociologia, geografia, literatura e filosofia serão as que mais sofreram mudanças ou, no caso de filosofia e sociologia, simplesmente serão banidas.

Não posso deixar de registrar que os formados em História, não sei de outros exemplos, até o ano de 1988, sim, até a promulgação da Nova Constituição, que ora rasgam, assinavam um termo de compromisso com o Estado ao fim do curso se comprometendo não participar de atividades "subversivas".

Como professor eu sou averso a catequese, portanto a  professor que só mostra um lado da moeda e ainda toma partido. Em geral esse profissional é limitado e não sabe ser professor, pois ele já pensa que os alunos são "seus alunos" e …