Maçom que apoia Bolsonaro



MAÇONARIA SERÁ PERSEGUIDA? 

Em rápida visita à história recente do Ocidente (Europa) podemos notar que a Maçonaria foi perseguida por todos os tipos de regime políticos de exceção. De Stalin, comunista, à Mussolini e Hitler, (Franco na ES, menos Salazar em PT) a maçonaria foi posta na clandestinidade e perseguida. No Chile consistiria um outro caso a ser tratado em outro texto, mas, em resumo, lá assistimos maçom (Alende) traído por maçom (Pinochet).


MAÇONARIA NO BRASIL

No caso brasileiro, quando olhamos para o passado, a Maçonaria teve seus impasses majoritariamente contra um “mito” que paira nas mentes “cristãs”, isto é, se olharmos nossa história nos últimos 100 anos os poucos impasses públicos contra a Maçonaria foram vinculados ora à Igreja Católica, ora a denominação “protestante”.

Se nos colocarmos a analisar como o atual quadro político se consolida no Brasil, sob um tipo de simplismo fundado nos “espectros emotivos” das pessoas e conectado especialmente à religiosidade dos evangélicos ou os “neo-evangélicos” (pentecostais e neopentecostais), será certo que irá ressurgir na esfera pública aquele mito, ainda muito bem cultivado entre os “evangélicos”, de que Maçonaria é coisa do “diabo”.  Parece-nos uma questão de tempo, pois como podemos acompanhar em qualquer rádio, programa de TV, a “teologia da prosperidade” tem como estratégia assentar o discurso religioso na “conquista” das coisas do mundo e de opor a qualquer obstáculo como sendo o “diabo”. Indicar que o “reino de deus” é para esse mundo não é de todo ruim, afinal, parece-nos que Jesus já dizia que o “Reino de Deus é para esse mundo”. A questão que não caberia é que o “reino de justiça” não é a mesma coisa que um “reino de coisas/mercadorias”. E nessa linha a frustração por não conseguir se realizar possuindo as coisas ser denominada de diabo é o problema principal. Pois nesse universo indefinido das emoções, como se fosse apenas uma vaga concentrada de energia, é fácil “endemoniar” não só obstáculos existentes à consumação dos desejos, mas de em dado momento ser necessário inventar e nomear a causa que impinge a frustração. Será nesse exato momento que irá ocorrer o que atualmente ocorre com o “petê”.  Tudo de ruim será canalizado para esse “obstáculo”. E ele facilmente pode ser a maçonaria. 

Alguns jornais internacionais já nos alertam para uma nova crise econômica global. Aliás, tais veículos reportam fala da presidente do FMI, Christine Lagarde. Contexto propício para que se realize tais profecias. Que já tiveram uma pequena e isolada demonstração no RS, onde vandalizaram uma Loja.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por ler e participar do nosso blog.

#ForaBozo

Queda de Bolsonar Em tempo record, até mesmo para Jânio Quadros que renunciou com 7meses de mandato, já aparece no mu...