#ForaBozo


Queda de Bolsonar

Em tempo record, até mesmo para Jânio Quadros que renunciou com 7meses de mandato, já aparece no mundo da internet textos apontando que Bolsonaro chegou num momento de encruzilhada de seu governo. Isto em apenas 3 meses de governo.

Já temos analistas do mundo da economia vaticinando tal ideia, pois a joia da coroa seria a “rifa” dos sistemas previdenciários; serviço ao qual o Presidente Bolsonaro está inviabilizando a cada dia.

Mesmo sendo oposição ao atual governo, e já eramos desde seu surgimento nas eleições do ano de 2018, não se trata de algo desejável para o país. Enfraquece ainda mais as instituições democráticas, que a cada dia tem demonstrado fragilidade.

De certo modo, certas brincadeiras que Bolsonaro não passaria de Setembro de 2019 parecem ter dado o início do processo. No método de guerra híbrida que provoca a cada dia algum tipo de “dissonância” cognitiva; ou dissonância mediática, pois a casa dia o Chefe do Executivo brasileiro “posta” alguma aberração para ser comentada; parece que há um esgotamento do método que exige que se passe de “tuitis” à outros fatos sempre piores.

Esgotado esse tipo de pirotecnia amplamente utilizada pela campanha eleitoral de Bolsonaro, o que resta?

Nada. E por isso mesmo sua “utilidade”, seu projeto ou a ausência dele, torna sua permanência insustentável. E nos bastidores já existem corridas para o entorno de Mourão, o vice-presidente; A Fiesp, sempre do lado mais a direita da política assim já o faz. Sinal contundente esse.

Infelizmente para nossa democracia surge novamente o “fora Bozo”.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O nada e o tudo: a internet

Instrução de Companheiro Maçom