Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 17, 2012

Tarô

Imagem
Tarô Egípcio  O Tarô pode ser considerado de várias formas. Para a tradição que manipula o Tarô sua origem pode ser vinculada ao antigo Egito e suas formas foram um método de ensino que simplifica em imagem assuntos filosóficos. Pressupondo a "estuitisse" (a nossa capacidade de sermos ignorantes) humana, simplificou-se vários saberes que estão cifradas nos desenhos. O sistema de pequenas laminas ou pequeno pedaço de papel contendo imagens e símbolos pretende conter um vasto universo de informação. Apesar dos vários tipos de Taro, pode-se verificar em todos eles o esquema de imagens sintetizadas. Em geral as cartas de Tarô são partes que podem ser combinadas de modo infinito com outras partes, propiciando ao leitor chaves de leitura da realidade. Prática combinatória utilizada por pensadores como Raimundo Lulio, Giordano Bruno e Leibniz. Obviamente que o Tarô ao lado de vários outros saberes foi preterido pelo saber científico. No confronto, o saber científico e

Horóscopo

Imagem
Oostende. Bélgica. O desejo de conhecer-se a si mesmo está intimamente ligado a condição humana. O horóscopo parece-nos ser esse tipo de saber. As vezes visto como concorrente a Igreja Católica do Medievo, tem amplo desenvolvimento entre grupos de estudiosos do Sufismo (Taçawwuf). Grupos esotéricos como Rosa Cruz tem ampla utilização e desenvolvimento desse saber. A questão principal é verificar a incidência dos astros sobre aspectos do ser humano. Incidência que se configura na disposição dos astros no momento do nascimento da pessoa e, posteriormente, como as disposições astrais interfere na vida cotidiana da pessoa. Esse tópico nos remete a outro que é a astrologia. Muito antiga como o horóscopo, trata-se de procurar conhecer os astros e sua interferência na vida prática. No caso da astrologia existem comprovações pela ciência moderna de sua interferência na agricultura. amf