Maçonaria Regular e Espúria.

O texto que segue abaixo foi postado inicialmente como comentário de outro post, acerca de quem é Marcelo Pisano. 
Vale coloca-lo como post uma vez que toca em uma questão relevantes tcerca da Maçonaria, isto é, existe maçonaria ilegal? Ou será que alguém pode propor iniciação mas se tratar de um estelionato? Enfim, abaixo segue uma boa reflexão que procura ser justa e manter um debate maduro acerca do que é maçonaria. Contribuindo, sobretudo, para que a Maçonaria Histórica não seja dogmática, no sentido de atrasada, e coloque de fato um de seus lemas, progressista, em prática. 



Pensamos que o debate é o melhor caminho. A maçonaria dita Regular é suscetível de críticas e alguns de seus processos podem ser repensados a luz do movimento da história, afinal, Ela sempre se define, também, como progressista. 
O que varia são as formas de criticas. Alguns notam quem uma perda de tempo e o melhor é caminhar por fora. Em termos lógico, é possível uma Loja ser Loja sem participar das Potências Históricas. 

Porém, existe um "algo" que define uma agremiação de pessoas como Loja, que se não houver não poderá ser assim. Uma destas questões é o exercício de poder, isto é, como se dá o governo da Loja, especialmente no que toca as finanças. ,


Por exemplo, em geral em uma Paróquia, seja ela Católica, luterana, Metodista, Batista, todo os recursos materiais são decididos por um conselho de fiéis. Aliás, as Igrejas Protestantes são ainda mais democráticas, pois o pastor é aceito por este conselho de "leigos". Coisa que não rola na Igreja romana desde a muito tempo. 

Em uma Igreja Universal ou essas casas de arrancar dinheiro a coisa é outra. Pergunta para um "crente" destas casas se ele sabe quanto a casa de oração dele arracda? 

Enfim, é a isso que chamo de poder. O poder em uma Loja Maçônica é democrático. Não há um indivíduo que "põe" grana e ganha regalias. Todos são tratados de acordo com seu grau. 

Uma Loja que não pertença ao grupo histórico pode ter uma linda ritualística, o que é muito formativo. Porém, em geral estes trabalhos são pensados para durar uns de 1 ano a 1,5. Hora, depois deste tempo é de conhecimento que os ânimos se arreiam. Ninguém consegue se deslocar lonas distâncias para estar um dia da semana na Loja. As contas não fecham e as mensalidade vão ficando para trás. Os que prometeram o céu não dão conta e não tem competências par sustentar a proposta miraculosa. 

O final é: muitos desiste e não participam mais, pois não logrou galgar os tão sonhados contatos. Outros, como este escriba, peregrina nas Lojas ditas regulares para lá continuar seu trabalho. 

No frigir dos ovos, as tais Lojas ficam com uns 5 mil na mão e o iniciado na mão. 

Fechada as Lojas ou conduzidas elas para outros lugares, o espaço está aberto para começar tudo de novo. 
editatoeditado
M.M.
ARLS Leão de Judah

Comentários

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  4. Assim como a igreja católica,foi a primeira Igreja cristã reconhecida,como verdadeira,e não aceitava outra denominação como uma verdadeira instituição,e unica detentora da verdadeira revelação,de perseguida tornou-se perseguidora,perseguia e ,torturava e queimava nas fogueiras quem pensava de forma diferente,quero dizer com isso que é normal haver divisões,faz parte da EVOLUÇÃO HUMANA

    ResponderExcluir
  5. prefiro ficar no gob, glesp,ou gop. entendeu.....?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado por ler e participar do nosso blog.

Postagens mais visitadas deste blog

Elle

Instrução de Companheiro Maçom

10 motivos para você não ser maçom