A Rolinha Filosófica


É comum associar um bicho ao filósofos. Então temos a Coruja associada a Paulo Ghiraldeli ou ele tomou uma coruja para si; Olavo de Carvalho(que não tem diploma de Filosofia; mas sabe alemão, então é filósofo) adotou a águia.

Também quero um bicho e me veio logo a rolinha. Contudo, confesso que vou ter de arrumar outro bicho, ainda que tal ave fez parte da minha infância; quando era caçador com "estilingue" de tais bichos. Tenho matando uma, a qual me doeu o coração.

Mas não vai ser possível, pois a vitrine do google associou o bicho a outras coisas; logo não fica bem ser conhecido como o Filósofo da Rolinha ou o Pensador da Rola. Não dá.

Passei para outro bicho que fez parte da minha infância. Um pequeno pássaro, garrincha. Muito ágil, esperto, pequeno. Porém, também não vai dá, pois está indelevelmente ao jogador de futebol. Tudo que a filosofia não que ser confundida.

Sobrou um burrico, um pequeno burro. Que apesar de ser considerado sem inteligência, dá de 10 a 0 no cavalo, pois tem todo um conhecimento sobre caminhos. O que me levou a um certo pânico, pois o burro ou a sua imagem já se fundiu com a do tal desenho animado Sherek.

Enfim, depois de pensar muito, lembrei da "carimbomba (assim mesmo, pois no Leste de Minas a conhecemos por esse nome). Um pássaro noturno que tem a particularidade de emitir um som o qual associamos à expressão "amanhã eu vou".

Como não tem foto dele, vou arrumar em breve.









Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Elle

Instrução de Companheiro Maçom

10 motivos para você não ser maçom