Que o Facebook vire Orkut

O Facebook será um caso exemplar das promessas e ilusões em torno da infor-mania pela qual as ideologias dominantes perpetuam o jogo de desinformação como princípio tão atingo quanto a escrita na arte de dominação.


A fala ideia de que vivemos na sociedade da inforamção e da livre expressão é tão verás quanto os Gregos do século VI a.d.C e seus deuses mitológicos.

Orkut e Facebook são a prova disso. Facebook posou como aristocrata, se capitalizou, criou filme (A Rede Social) e usuários se sentia melhores dos que os do Orkut; que tinha sido febre no início desse milênio, mas que agonizava por haver nele uma certa cultura do bizarro.

Como li em um artigo da net, as ordas bárbaras do orkut romperam a fronteira do Facebook e agora estão lá; todo um mau gosto okutiano agora é facebookiano. A falsa ideia de que todos podem expressar como a forma mais brilhante de trocas de cultura e elavação/sofisticação cultural vai por
 água abaixo.

O Facebook foi orkutado.


Uma saída?
Estude Filosofia


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Elle

Instrução de Companheiro Maçom

10 motivos para você não ser maçom